A BOSCH está comprometida com o futuro e a prova disso é a solução que está neste momento a implementar de forma a simplificar o carregamento de carros elétricos. O objetivo passa por criar uma das maiores redes pan-europeias de carregamento, permitindo ligar da Andaluzia até ao Círculo Polar Ártico. No total, são 150.000 os postos de carregamento já existentes, sendo que até ao final de 2020 a empresa pretende chegar aos 200.000 postos.

Aos dias de hoje, quem tem um carro elétrico passa por uma série de problemas para o carregar. A disponibilidade de postos é um ponto que tem vindo a ser ultrapassado com o surgimento de inúmeros postos de carregamento nos últimos tempos mas, uma coisa é comum a qualquer proprietário de carro elétrico: a complexidade de por um carro a carregar. São inúmeros os cartões para autorizar o carregamento, tarifas complicadas de perceber e nada transparentes no momento de iniciar a carga. A juntar-se ao grande número de cartões, estão também as inúmeras aplicações que têm que ser instaladas.

Por isso mesmo, a BOSCH está a criar uma solução para que o carregamento possa ser um processo sem complicações. No fundo, aquilo que qualquer proprietário de carro elétrico deseja. O objetivo é acabar com toda a confusão de pontos de carregamento e para isso, apresenta um serviço de recarga que permite aos condutores ter acesso a uma das maiores redes pan-europeias. Neste momento, os utilizadores já podem usar os seus smartphones para encontrar mias de 150.000 postos de carga em 16 países europeus. Para isso, apenas é preciso alguns cliques para efetuar o registo, recarregar a bateria do carro e pagar. No processo de pagamento, a BOSCH garante também a transparência de custos.

“Com nossos serviços de recarga, estamos a desenvolver uma chave universal para uma das maiores redes pan-europeias de pontos de carregamento. Ao fazer isto, estamos a tornar a eletromobilidade ainda mais viável” – Elmar Pritsch, presidente da divisão Connected Mobility Solutions da Robert Bosch GmbH.

Pontos de carregamento numa única APP

Uma rede coesa de pontos de carga é considerada um fator crucial na decisão de comprar um carro elétrico. A BDEW, uma associação energética, estima que existam 27.730 pontos de carregamento públicos e semipúblicos em toda a Alemanha (número referente ao final de Março de 2020). Mas se este número até parece interessante, menos interessante são os quase 200 fornecedores que obrigam a que sejam os mesmos números de cartões para acesso a esses postos de carregamento. Mais grave ainda, é o facto de habitualmente os cartões não funcionarem transversalmente nos vários postos, isto no caso da Alemanha. Para além disso, existe uma amálgama de termos e condições, tipos de plug e classificações de ponto de carregamento.

Bosch com solução para descomplicar o carregamento dos carros elétricos

Atualmente, a rede de recarga da Bosch na Europa já conta com 150.000 pontos de carregamento, aos quais os condutores podem aceder a partir de uma plataforma central de aplicações. A empresa construiu a rede definindo contratos com as operadoras e usando métodos como o roaming para conectar os pontos de carga. O resultado, é que mais de 27.500 pontos de carregamento da Alemanha já estão na rede. Para os condutores, isto significa que podem usar a app da Bosch, “Charge My EV”, ou de fornecedores afiliados, como a “Clever Laden”, de forma a encontrar ponto de carregamento vagos 24 horas por dia – seja nas redondezas de onde se encontram, ou mesmo quando estiverem em viagem. Para além disso, a rede de carregamento da Bos3ch está em constante crescimento, sendo que até ao final de 2020 deverão estar mais de 200.000 postos de carga na rede em toda a Europa.

Ultrapassar a complexidade de carregamento automóvel

Em Maio deste ano, e apenas na Alemanha, segundo a EuPD Research, existiam 288 tarifas de eletricidade para automóveis. O resultado final destas várias opções, é um emaranhado tarifário que é extremamente difícil de compreender. A Bosch, de forma a simplificar tudo, encarregou-se de comparar essas tarifas para ajudar os condutores, fornecendo uma descrição clara daquilo que terão que pagar em pontos de carregamento individuais e quais os termos e condições que se aplicam nesses mesmos postos. O objetivo é deixar para trás das costas as surpresas desagradáveis quando o custo final do carregamento é revelado. E em Portugal, há cada vez mais pessoas a queixarem-se desta situação.

Para além disso, a Bosch pretende acabar com a infinidade de cartões que existem para aceder aos carregamentos. Esta é uma realidade que começa também a ser visível em Portugal mas, há países ainda piores que nós. Segundo a NewMotion, 45% dos utilizadores de carros elétricos usam dois a quatro carregadores para aceder a pontos de carregamento, sendo que 15% usam pelo menos cinco cartões. O objetivo da Bosch é que exista apenas uma conexão única através da aplicação, sem qualquer tipo de cartões e evitando a necessidade de se registar numa determinada marca para poder usar um ponto de carga que nunca tinham utilizado anteriormente.

Bosch com solução para descomplicar o carregamento dos carros elétricos

Os pagamentos dos carregamentos feitos com a Bosch são feitos como deveriam ser sempre em todo o lado: a aplicação utiliza detalhes do cartão de crédito, enviando depois uma fatura mensal para o utilizador com os custos dos carregamentos. Não se percebe como, e porquê, de ainda não ser assim aos dias de hoje na maior parte dos postos.

“O processo de carregamento deve ser simples e cómodo para todos. Os serviços de recarga inteligente da Bosch são cruciais para alcançar uma ampla aceitação da eletromobilidade” – Pritsch

Interligar carros e carregadores – mais que uma necessidade, uma comodidade

Integrar o carregamento e a navegação, é o grande passo para que os carregamentos elétricos fiquem mais simples. E é isso mesmo que a Bosch está a desenvolver. O objetivo, é oferecer às construtoras de automóveis elétricos, a possibilidade de integrarem os sistemas de infotainment dos seus veículos, com os postos de carga existentes.

O objetivo principal desta integração, é permitir que o condutor de um carro elétrico, ao ter informação sobre a autonomia restante, possa também saber qual a taxa de ocupação dos postos de carregamento à sua volta, assim como a capacidade de carga desses mesmos postos. Para além disso, planear uma viagem passa a ser totalmente diferente.

Ao planear uma viagem, o utilizador pode escolher as suas preferências: postos com WIFI, postos de carregamento rápido ou lento, postos com restaurantes ou superfícies comerciais nas redondezas etc etc etc. Isto permite que a rota entre a origem e destino que o condutor define, seja calculada de acordo com estas preferências, permitindo assim uma viagem mais agradável. No entanto, a integração vai mais longe ainda. Caso um posto de carregamento definido durante o trajeto esteja com uma taxa de ocupação acima da esperada, o sistema irá calcular outro posto de carregamento no alcance da autonomia do veículo, de forma a que o carregamento seja menos demorado.

Para que o sistema possa ir aprendendo ao longo do tempo, está equipado com uma solução de machine learning, permitindo assim um aperfeiçoamento constante ao longo do tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × four =